Jurassic Music: Versões novas para originais velhas

26 de novembro de 2016
Olá povão que ama relembrar o passado. Conta pra mim, estão curtindo a segunda edição do Rebobina?

Bem, não sei realmente se estão gostando ou não, mas eu estou amando criar conteúdo para essa edição.

Já que falei de filmes no post anterior, hoje vou falar de músicas. Trarei as músicas que cantamos pra caramba no passado e que hoje foram regravadas ou simplesmente ganharam um cover famoso.

Proibida pra mim
Cantei tanto essa música. Foi a partir dela que surgiu meu amor pela banda Charlie Brown Jr.

O ano de lançamento foi em 1997 e em 98 o videoclipe da música deu à banda o prêmio de artista revelação e também o de melhor videoclipe de banda.

Em 2000 foi regravada por Zeca Baleiro, inclusive teve até show da banda com a participação do cantor. Em 2014, já após a morte de Chorão, o gracinha Tiago Iorc também regravou o sucesso.




Mulher de Fases
Em 1999 todo mundo cantava assim: ♪ complicada e perfeitinha, você me apareceu...♪

Mulher de Fases de Raimundos foi um verdadeiro sucesso, até quem não gostava de rock conhecia.

No ano de 2008, Dinho do Capital Inicial nos presenteou com uma regravação da canção.



Quero te encontrar
Tenho certeza que você fez aquele barulhinho com a boca quando leu o título da música (e aposto que leu cantando). O sucesso de 1997 de Claudinho e Bochecha foi regravado por ninguém mais ninguém menos que Kid Abelha, lançada em 2003.



Baby One More Time
Ahh Britney, como eu amava a versão anja dessa mulher. Tudo bem que ela lacra na versão demônia também, mas tentávamos copiar seu estilo menininha.

Mais uma canção de 98, se tornou memorial, afinal ela foi listada como a vigésima quinta maior canção do pop pela revista Rolling Stone e pela MTV em 2000. (#BritneyDiva).

E o nosso ruivo predileto dos últimos tempos, Ed Sheeran, fez um cover lindinho da canção.



Tempos Modernos
♪ Não há tempo que volte amor...♪

Pois é, essa música de Lulu Santos não é dos anos 90 tão pouco dos 2000, mas com certeza faz muita gente cantar alto até hoje. Na minha adolescência, ouvia muito Lulu e são realmente poucas as regravações de seus sucessos que curto. Porém, quando Jota Quest fez uma versão para Tempos Modernos, adorei. Ficou mara!!


Só Você
Em 1997, eu nem sabia o que era ficar cansada de me preocupar, mas já cantava e amava esse sucesso de Fábio Júnior. Hoje descobri que na verdade o cantor regravou a música, que foi composta, além de ter a versão original, pelo cantor Vinicius Cantuaria.

Assim sendo, a re-regravação da música que mostro agora é do lindo e amado Frejat

Da série: quando a regravação fica melhor que a original.



Amor pra recomeçar
Falando em Frejat, seu single Amor pra recomeçar foi gravado em 2001. Uma música perfeita, ganhou regravação dos sertanejos Jorge e Mateus, em 2013. Não curto muito o gênero musical, mas confesso que aprovei a versão da dupla.



My Girl
Essa música é uma delícia, você não acha? Quando ouço a música me lembro do filme que a tinha como trilha, Meu primeiro amor (esse merecia um remake). E o delicinha, digo, cantor, Tiago Iorc fez uma versão viciante pra ela (ia dizer deliciosa, mas usei tanto o termo num único tópico que poderia dar brecha para vocês acharem que Tiago Iorc era meu crush. Não quero que pensem bobeiras).



Crazy in love
O hit de Beyonce, lançado em 2003, ganhou uma versão mega sensual especialmente para a trilha sonora do filme 50 tons de cinza.



Quando você passa
Sei quase todas as músicas de Sandy e Junior de cor. simplesmente surtei com essa versão maravilinda de Maria Gadú para uma das minhas músicas prediletas da dupla.




Resultado de imagem para gifs dancas

Ain gente eu não quero terminar esse post nunca, mas preciso. Eu demorei exatos dois dias para fazê-lo. O motivo? Parava para cantar e relembrar o passado.

Espero que tenham gostado. Amanhã tem mais Rebobina!!!

Beeijos


Confira o que já rolou no Lua:

Não deixe de conferir também o que rolou no Pausa para Pitacos:




Post por: Bia Gonçalves
Sua maior paixão são os livros que lhe fazem viajar. Odeia mesmices, por isso adora se aventurar nas páginas de uma boa fantasia e se prender a um terror daqueles de parar o coração.
16 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

16 comentários:

  1. Oi Bia! Estou adorando acompanhar esta segunda edição do Rebobina! E adorei o post de hoje. A maioria das músicas que você citou me surpreendeu, pois eu não sabia que eram regravações. É muito legal quando os artistas fazem uma versão nova, pois acaba ficando uma homenagem bonita. Eu amei o cover feito pelo Ed Sheeran. Ficou tão fofo!
    Bjos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Anna!! Sorriso do gato da Alice aqui hahaha. Confesso que também estou adorando a segunda edição, é muito divertido montar os posts.
      E o que me deixa ainda mais feliz é ver que realmente está agradando.
      E tem mais viu?
      Beijos

      Eliminar
  2. Definitivamente, amando!!!
    Todas essas músicas marcaram a minha adolescência, ai meu Deus, tive que ouvir todas, kkkkkkkk...
    Se alguém souber, me diz como ouvir "Crazy in love" e não lembrar de "As Branquelas". Pense em um filme que posso assistir bilhões de vezes e sempre irei morrer de rir.
    Vou ser chata e dizer que a maioria, prefiro a versão original, haha. (Com uma grande exceção para "Mulheres de Fases", porque amo demais o Dinho).
    É pedir demais por mais rebobina?
    Beijos.^^ E um enorme sorriso do gato da Alice. <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu estou amando tê-la aqui!!!
      kkkk é mesmo, eu me esqueci que essa música fez parte do filme. Também assisti milhares de vezes e sempre morro de rir ao assistir novamente.
      A versão original é sempre melhor, das que citei só prefiro a versão do Frejat para a música Só Você (pq Frejat é foda né?)
      E fica tranquila que tem mais!!
      Beijos

      Eliminar
  3. Oi! Eu adoro ver uma mesma canção com artistas diferentes, sempre dá uma cara nova. Bom domingo. Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Cida!! Fico feliz que tenha gostado do post.
      Uma semana abençoada pra você!!
      Beeijos

      Eliminar
  4. Oi Bia!!! Britney demônia é ótima, mas eu tb adorava ela santinha do pau oco hahahahahahaha muito bem lembrado!! E poxa Crazy in love já faz tempo e eu aqui achando que foi ontem que Beyonce tinha lacrado com essa música!! Puxa, tanto coisa bacana lembrada! estou adorando essa edição!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kkkkkkkkkk Eu amava essa versão "santinha" da Britney, até hoje ouço as músicas dela dessa época.
      Ahh amei saber que você não conhecia a versão antiga da Bey, Rebobina também é cultura hahaha.
      Beijos

      Eliminar
  5. My girl na voz do Iorc foi demais pro meu coração, Parceira! Ouvindo pela terceira vez...
    Já falei mil vezes que Meu primeiro amor é um dos meus filmes preferidos da vida, né? A música também... e eu me apaixonei ainda mais agora!
    E o que dizer da versão da Gadú pra música mais linda de todos os tempos? Aiiiaiii....
    Suspirando com o seu post!
    Ameeeeiiiii!
    #Emocionada
    Rebobinar (e fazer qualquer outra coisa bloguística e não bloguística) é sempre tão boooommm! Aiai de novo! shIUAhsuiHAs

    Beijos!
    Fabi Carvalhais
    pausaparapitacos.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhhhhhh Iorc é uma delícia, não consigo achar outro adjetivo. Fiquei mega emocionada para montar esse post e estou ouvindo sua play até agora.
      Beijos ♥

      Eliminar
  6. Arrasooou!!
    Ficaram mto boas!!
    Correndo lá pra adicionar á minha playlist!
    Bjs!!

    ResponderEliminar
  7. Oi, Bia!
    Simplesmente adoro Frejat, acho a voz dele tão bonita, passa uma paz <3
    A mesma coisa com o Zeca Baleiro, que tem um jeito único de reinventar as músicas e sempre fica bom. E Mulher de Fases é HINO até hoje, se tocar numa festa todo mundo canta! :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também amo amo amo forte Frejat, realmente uma voz maravilhosa.
      Beijos

      Eliminar
  8. Oie!
    Que post mais maravilhoso. Adoro musicas e relembrar essas que fizeram tanto sucesso (e ainda fazem!), com uma nova versão, ficou show!
    Adoro Capita Inicial, Kid Abelha, Lulu Santos e Fábio Junior! Mas independente da versão, essas letras estão marcadas na memória e no coração.
    Então, bora ouvir todas e chacoalhar o esqueleto! hahaha.
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Márcia!
      Isso mesmo, as letras são lindas, ficarão para sempre guardadas na memória.
      Beijos

      Eliminar

 
© Lua literária - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo