Os Piores do Ano de 2016

28 de dezembro de 2016
Hello lunáticos!! Tudo bem com vocês? Estão se preparando para a virada do ano?

Dando continuidade ao nosso especial de final de ano, organizado por mim e pela Fabi do Pausa para Pitacos, hoje trago a lista dos Piores do Ano de 2016.

É muito difícil fazer essa lista, mas vale ressaltar aqui que é uma opinião totalmente pessoal, e que temos o direito de nos expressarmos. Nada de mimimi ok?

E como aconteceu com a lista dos Melhores do Ano, os indicados não são necessariamente obras/filmes/séries lançadas em 2016. São baseadas no que li/assisti em 2016.





O pior "mimimi" literário de 2016
Quando você publica uma obra, independente ou não, mesmo considerando a melhor do mundo, existirão leitores que não irão gostar.

Agora, cabe ao autor/escritor, peneirar a negativa como construtiva ou não.

Blogueiros literários sofrem muito quando publicam resenhas negativas. E estou citando os blogueiros que são cuidadosos ao expor suas opiniões, aqueles que deixam claro que se trata de uma crítica pessoal, que não ofende, que não faz campanha contra, etc.

O pior mimimi literário de 2016 foi...

A guerra entre escritores x blogueiros

Tudo se inicia com uma resenha. Então, o autor vai na fanpage divulga a opinião crítica do leitor aos seus fãs, e logo começa uma porrada de comentários de baixo calão no blog que resenhou.

E preciso também citar o outro lado: alguns blogueiros também deixam a desejar, fazendo ofensas desnecessárias ao escritor em suas resenhas.

Por um 2017 com mais união entre as duas classes.


O(a) personagem que mais encheu o saco em 2016

Troféu "migo(a) seje menas"

Foi um livro lançado em 2014, mas que até hoje tem um personagem mega conhecido entre as blogueiras apaixonadas por bad boys tatuados.

Belo Casamento, da autora Jamie McGuire, era para ser um presente para os fãs de Belo Desastre. Demorei anos para ler, e quando finalmente o fiz, fiquei decepcionada. Não pelo enredo, mas sim com a personagem principal, Abby.

No primeiro livro, em alguns momentos, senti vontade em pedir pra ela ser menos. Agora, em Belo Casamento, Abby me encheu tanto, mas tanto, que não consigo gostar mais dessa moça, e por isso, o troféu "miga seje menos" vai para você senhora Abby Maddox. Só pra constar: tu não merece esse sobrenome. Eu sim sou merecedora.



Decepção do ano

As Patricinhas de Zoey Dean foi minha maior decepção do ano. O livro foi publicado em 2010, e um ou dois anos depois, li uma resenha maravilhosa em um blog que sempre amei. Está ai a prova que nem tudo que é bom pra um será para o outro.

Enfim, desde então procurei muito pelo livro, mas nunca o encontrei para comprar. Sempre estava esgotado nas principais livrarias e sites. Até que um belo dia consegui, paguei um pouco caro comparado com as demais obras. A edição é horrível, o enredo é péssimo, não me arrancou um risinho se quer. Fiquei completamente decepcionada, pois esperava ser uma leitura perfeita.


A maior vergonha alheia de 2016

Resultado de imagem para gifs vergonha

Os erros gramaticais em livros e blogs literários

Não estou dizendo que sou a mestre em português, os meus posts com certeza contém alguns errinhos básicos. Porém, muito me espanta encontrar erros gramaticais em livros. Esse ano tive umas decepções, até por parte de escritores que se dizem revisores. Não são errinhos, são erros gritantes, proibidos para uma obra literária.

E quanto aos blogs, me deparo com muitos que tem verdadeiros analfabetos funcionais tomando conta. Duvido muito que são leitores, pois é nítida a dificuldade na escrita. Geralmente, tais blogs conseguem parcerias com escritores renomados e com grandes editoras. Fica claro que além dos erros gramaticais, tais blogueiros tem uma dificuldade imensa em interpretação textual, levando a análise das obras por um caminho que não condiz com aquilo que está descrito. Talvez o mundo literário goste exatamente disso, pois assim raramente teremos uma negativa.

Vejam bem, não é feio errar. O feio é não voltar lá e corrigir. Por um 2017 com mais valorização da língua portuguesa.

A Capa mais feia do ano
Precisamos deixar claro que não se julga um livro pela capa. Existem capas horríveis para enredos brilhantes, e vice-versa, pois 2016 veio para provar que edições luxuosas podem esconder péssimos enredos. O troféu de capa mais feia de 2016 vai para um livro que não li. Faz parte de uma série que também não li, porém acompanhei todos os lançamentos nas redes sociais e por isso sei do que estou falando. A escolhida foi:


2016 não foi fácil pra ninguém, inclusive pra moça da capa, que começou usando vestidos maravilhosos nos outros meses. Comparem:


Dezembro até que está bom, agora o modelito do mês de novembro é horrível. Deixou a capa estranha, sonsa, sei lá. Até a expressão corporal da modelo está sem graça. 

O pior investimento de 2016
Quem sou eu para julgar o dinheiro alheio afinal? Mas, sou faladeira mesmo, e irei indicar como o pior investimento de 2016, a série televisiva...


Já deu Bruna Surfistinha né? Quer dizer, não leve para a malícia essa frase, não quis dizer isso... enfim, não acredito que estou sendo preconceituosa em dizer que a mídia romantiza muito essa história.

Furada do ano

Resultado de imagem para gifs tumblr

O prêmio de furada do ano vai para:

Mim!!!! E conto o motivo.

Há uns meses atrás, organizei um book tour com uma galera muito boa. Porém, a primeira a receber o livro, além de não ter postado resenha tão pouco divulgado a obra; nunca mais devolveu tão pouco passou adiante. Ou seja: perdi meu lindo exemplar. 

Pior enredo

Não acho que se trata de um enredo bem construído, tão pouco brilhante. Em minha opinião, a obra traz mais mimimi que qualquer outra coisa. Personagem principal é uma chata, e não conseguiu me convencer.

Pior livro
Sem delongas, o pior livro de 2016 foi o conto Eternamente Você. Foi eternamente desnecessário.


Pior Filme
Ele foi lançado em 2013, mas só fui assistir esse ano. O pior filme que assisti em 2016 foi:



Esse ano não foi muito produtivo pra mim no que diz respeito a filmes. Quase não assisti nada, e se não me engano, não fui ao cinema nenhuma vez.

Poucos foram os filmes que considerei realmente bons. Doce Vingança 2 foi uma triste decepção. Amei o primeiro, porém a continuação se resume em gritos. 

Pior personagem
Ahh é muito triste dar esse prêmio a um personagem nacional, mas não tem jeito. O pior personagem de 2016 foi: Paulinha, do livro Odiado Admirador Secreto.


É uma adolescente, porém não consegui ter um tiquinho se quer de simpatia por ela. Paulinha me irritou com seus chiliques desnecessários e contribuiu muito para que a leitura não fluísse.

Pior Lançamento


Não li e nem pretendo. Nada contra João Gordo, não sou sua fã, respeito os fãs com toda certeza, e concordo plenamente com sua influência na cultura pop. Porém, fiquei sem entender a publicação da biografia da figura numa editora que é voltada para o terror e fantasia. 

"Desrevelação"
Algumas revelações poderiam muito bem serem desreveladas. Bem, assim como 2015, esse ano trouxe inúmeras biografias de "revelações" infanto-juvenis. 

Eu particularmente, considero a maioria inválida. Isso porque, o público a quem se destina (pré-adolescentes, adolescentes e até mesmo crianças), tem em mãos universos totalmente diferentes da sua realidade. Não consigo ver nenhuma lição de vida na maioria (ênfase nesta frase, pois uma vez que não li todos os livros, não posso, nem devo generalizar) das obras publicadas. Aliás, muitas vezes eu nem vejo sentido literário na publicação. 

Por favor, grandes grupos editorais, menos biografias adolescentes. Se quiserem algumas sugestões, estou disponível para trocar ideias.

Resultado de imagem para separador de posts

Acho que mostrei meu lado rabugenta para vocês. Sim, porque eu sou rabugenta e implicante, mas consigo esconder um pouco aqui no blog rsrs.

Espero que tenham gostado. E me contem: quais foram os piores do ano para vocês?

A Fabi conta tudo AQUI.

Beijinhos e até mais.







Post por: Bia Gonçalves
Sua maior paixão são os livros que lhe fazem viajar. Odeia mesmices, por isso adora se aventurar nas páginas de uma boa fantasia e se prender a um terror daqueles de parar o coração.
6 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

6 comentários:

  1. Olá!!
    Nossa, e como sofremos com essa história de resenha. Esse ano aconteceu uma coisa bem chata comigo sobre essa relação de blogueiros com autores... não cabe a mim falar nomes, mas fiquei muito chateada porque foi uma parceria de mão única. Entende? Uma pena.
    Mas enfim... essa capa de AGDC foi um fiasco, hahah. Os vestidos dos primeiros volumes estavam bem mais bonitos.

    Beijão
    Leitora Cretina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Mônica!
      Ai se eu for contar todas as frustrações que tive em 2016, daria um livro de terror trágico viu. Entendo perfeitamente, neste ano que passou tive parceiros que nem acompanhavam as postagens que diziam respeito a eles, sentia até sarcasmo em algumas conversas. Enfim, é algo que coloca a gente pra baixo.
      Beijos

      Eliminar
  2. Oi Bia...
    Adorei seu post... Concordo em vários pontos com você... E realmente a vergonha alheia de 2016 foi erros gramaticais em livros e blogs literários... Como você disse não é vergonha mesmo errar... Mas é muito feio deixar errado ou não ter a humildade para corrigir o que errou...
    Beijinhos...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Cris!! Obrigada!
      Ahh outro dia visitei um blog de uma moça que se considera escritora. Vi tantos erros, inclusive nos textos de sua autoria. E uma seguidora gentilmente deixou um recadinho, imagina só o burburinho que rendeu.
      Beeijos

      Eliminar
  3. Oi! Amei seu post, achei bem sincero e até meio engraçado haha uma coisa que também detesto são os erros de português. Eu não escrevo muito bem, mas sempre reviso para ver se tem algum errinho e corrigir, agora tem blogueiro que nem justificar o texto, justifica, deixa tudo centralizado e isso me dá uma agonia rsrs, espero que esse povo melhore. Também não curti muito a Abby, aliás, não gostei da série e abandonei no terceiro livro, mas só porque a achei fraquinha demais.
    Sacanagem essa menina que pegou o livro e não devolveu, se fosse comigo eu ficaria bem chateada.
    Beijo! Leitora Encantada
    Participe do Sorteio de Natal, ainda dá tempo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Miriã! Pois é, sem contar blogs que tem cores claríssimas de fontes de escrita, e em tamanho pequeno. Preciso de lupa pra ler.
      Mas eu acho que um pouco é falta de parceiros para dar dicas. Eu mesma quando comecei fazia um monte de coisa errada na diagramação, por sorte tenho lindas blogueiras que me ajudam demais.
      Beeijos
      http://lua-literaria.blogspot.com.br/

      Eliminar

 
© Lua literária - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo