Resenha: Um novo amor à vista - Cláudio Quirino

13 de junho de 2016
Título: Um novo amor à vista
Autor: Cláudio Quirino
Editora: Editora Madras
Ano: 2015
Páginas: 168
Comprar: Amazon | Livraria da Folha | Saraiva | Submarino
UM NOVO AMOR À VISTASinopse: Darla é uma típica mulher moderna brasileira – determinada, trabalha, pega condução, tem seus sonhos secretos e ainda está enquadrada na categoria consumidora compulsiva, mas só tem um probleminha: o seu pequeno salário não é suficiente para as suas grandes necessidades. Diariamente tentada pelas propagandas das grifes e incapaz de ignorá-las, ela sempre acaba indo ao encontro de inúmeras bolsas Gucci, burberrys, sapatos Prada, óculos Dolce & Gabbana e suas próprias extravagâncias. Para variar, o seu namorado de seis meses – Greg – acaba de sair de casa e abandoná-la. Disposta a controlar a sua solidão comprando (mesmo que, para isso, seu nome continue no vermelho), Darla vai, aos poucos, se envolvendo numa série de situações divertidas, otimistas e surpreendentes, capazes de arrancar risadas, à medida que seus pensamentos se decifram aos olhos do leitor. Um Novo Amor à Vista trata, em primeira mão, de cada um dos principais dilemas que afetam o universo feminino e trabalha a autoestima, com um tom cômico, sincero e espontâneo. Em seu primeiro romance chick-lit, Cláudio Quirino revela um mundo completamente familiar e entrega personagens marcantes, simpáticos e um primeiro livro planejado.


 Olá meu povo!
 Faz muito tempo que ouço falarem de uma tal de Darla.
 Dizem por aí que ela é uma louca, se mete em cada situação capaz de fazer qualquer pessoa rir.
Outro dia, tive a oportunidade de conhecer essa mulher. E vou contar um segredo (não espalhem; não quero fazer fofoca) mas ela é uma surtada, compradora compulsiva, e está devendo horrores (não venda fiado para essa mulher caro comerciante).
 E quem é Darla?
 Darla poderia ser muito bem eu ou você que está lendo esse post. Ela poderia ser minha mãe, minha sogra, e as suas maluquices me fazem constatar que ela foi inspirada na minha melhor amiga.
 Mas, voltando à realidade, Darla é uma personagem literária, protagonista do livro Um novo amor à vista, do autor nacional Cláudio Quirino.
 O livro foi um doce presente do autor que é nosso parceiro aqui no Lua.
 Iniciei a leitura da obra, e de imediato, não gostei muito da protagonista. Dei a ela o rótulo de fútil.
 Darla é uma mulher comum, cheia de sonhos e de dívidas. Ela não consegue se controlar quando o assunto é comprar. Reconhece de longe as grandes grifes das quais a maioria das mulheres amam.  
 Seria certo considerá-la fútil pelo fato de estar cheia de dívidas e mesmo assim não resistir à uma nova roupa? Mas será que eu também não sou assim? Estou cheia de dívidas, meu cartão todos os meses estoura o limite, e mesmo assim... adivinhem? Tenho vários livros novos na estante.
 E assim como ela, amo marcas famosas. Quem sou eu para julgar? 
 Passei a enxergar mais a personalidade de Darla, e vi que era uma consumista. Não é certo defini-la como fútil. No entanto, constatei que a loucura domina seu ser. Vocês não imaginam as coisas que passam na cabeça dessa mulher. Ri muito de suas peripécias, das situações constrangedoras que ela se metia, e o mais engraçado: das desculpas que inventava para contorná-las.
 Como disse no início, acabei encontrando muitas mulheres na personagem, inclusive a mim mesma.
Um novo amor à vista foi uma leitura deliciosa e por incrível que possa parecer, já que temos um chick lit e geralmente o gênero é previsível; foi surpreendente pra mim.
 Não quero parecer preconceituosa com o que vou dizer, e sinceramente espero que não me compreendam errado. Mas nunca imaginei que um homem, hétero, pudesse conhecer tanto do universo feminino. E não digo isso pelo fato das marcas citadas, ou das loucuras da personagem. Digo pela sensibilidade em mostrar que nós, mulheres, podemos tudo.
 É uma obra muito resenhada e muito comentada na blogosfera, e por isso estou tentando mostrar outros aspectos do livro. Não é um romance cheio de mimimi, e muito menos temos uma protagonista que faz de tudo para conseguir amarrar um homem. Darla faz de tudo para se sentir bem, inclusive gasta o que não tem pra isso.
 Quando surge o tal romance, ele não sufoca a personagem, tão pouco muda sua personalidade. Ela continua a mesma, e o que é melhor, nos ensina uma outra lição maravilhosa: a de respeitar aquilo que deixa seu(sua) parceira(o) feliz, nem que isso seja dançar em uma boate de strip.
 Os personagens secundários são ótimos, conseguem introduzir ainda mais comédia à trama. A minha predileta, sem sombra de dúvida, foi Cristina.
 E um detalhe leitoras: temos um boy magya ao estilo Channing Tatum.
 Não posso finalizar essa resenha sem antes dizer que o autor é realmente a Sophie Kinsella de calças, como comentário feito pela autora Carol Sabar. Leitura mais que recomendada.
Nota: 5/5
Sobre o autor: 
 Cláudio Quirino é escritor pernambucano de romance e suspense policial. Estudante de Administração e funcionário público. É autor dos livros COMO AMAR EM UMA SEMANA, do chick-lit UM NOVO AMOR À VISTA, publicado pela Madras Editora, livro que lhe rendeu vários elogios e que atingiu a lista dos mais vendidos da Revista VEJA. O autor também publica semanalmente um romance erótico no Wattpad - COMO SEDUZIR UM CAPACHO.
Outras obras:

COMO AMAR EM UMA SEMANA

 Já conheciam Darla? Ficaram interessados na obra? Deixe seu comentário.



Post por: Bia Gonçalves
Sua maior paixão são os livros que lhe fazem viajar. Odeia mesmices, por isso adora se aventurar nas páginas de uma boa fantasia e se prender a um terror daqueles de parar o coração.
14 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

14 comentários:

  1. Poxa vida... Acho que tenho muito da Darla em mim também, viu?
    Como você mesma disse, como julgá-la, não é mesmo?
    Tenho me policiado bastante, mas eu andava numa fase assim também, endividada, mas com uma compulsão imensa em comprar livros. E isso horrível. Daí envolve fatores emocionais também, e outros um pouco mais graves como ansiedade/depressão.
    Quanto ao livro, preciso criar vergonha nessa minha cara. Cláudio é um fofo, e é meu conterrâneo. Eu gosto de ler as obras dos autores aqui de PE, afinal, temos que apoiar a literatura nacional, e principalmente os "nossos", não é mesmo? Como costumamos dizer, para puxar a sardinha para o nosso lado.
    Enfim... Faz muito tempo que eu tenho esse livro na listinha. Acredito que seja uma leitura leve, desses que a gente devora num final de semana tranquilo.
    Vou tentar priorizar, e colocá-lo nas leituras de Julho/Agosto, quem sabe.

    Parabéns pela resenha, Bia. Grande Beijo!

    Rosângela Alves | http://leitoraemacao.blogspot.com/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Rosângela!! Fico feliz que tenha curtido a resenha. Em se tratando do livro, vc está coberta de razão, precisamos apoiar os nossos rsrs. Eu faço questão de priorizar a literatura nacional, que tanto precisa de espaço.
      Espero que leia ao livro, vc vai amar. Eu fiquei surpreendida, e com medo desse pernambucano que tanto sabe sobre nós hahahahaha.
      Beeijos, volte sempre ♥
      http://lua-literaria.blogspot.com.br/

      Eliminar
  2. Olá, Bia.
    Confesso que o livro não faz muito meu estilo. Contudo, por outro lado, me chama a atenção por ter uma protagonista tão realista. Sem dúvidas, isso dá muitos pontos ao autor e ao livro.
    Excelente resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de junho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderEliminar
  3. Bia a a a, adoreeeeeeei essa resenha, você sempre me faz rir com os seus comentários!
    Quanto ao livro, parece realmente uma leitura deliciosa, daquelas que a gente devora em uma tarde! Embora não faça meu estilo, fiquei bem curiosa em relação a esse boy magya ao estilo Channing Tatum - esse deus grego já foi meu crush quando mais nova HHAHAHAHAHAHHA
    E é bom saber que o autor - homem, hétero - tenha conseguido demonstrar o "universo feminino" dessa forma, sem se agarrar aos esteriótipos, mesmo se tratando de um chick-lit. Outra coisa muito interessante, homem escrevendo Chick-lit é de quebrar qualquer norma imposta por essa linda society, dorei <3
    Beijos <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico feliz que você tenha amadurecido Gabi, e que Channing já não seja seu crush. Eu estou perto dos 30, casada, e ainda tenho o cara como crush kkkkkkkkkkkkkk.
      Adoro saber que, mesmo não sendo seu estilo, você parou pra ler e conhecer um pouco o que o livro traz. Eu gostei muito, e espero que um dia leia. Quem sabe?
      Beeijos

      Eliminar
  4. Oba!!!
    Que bom que você curtiu a leitura!!!
    Dá pra dar umas boas risadas né?!
    E o boy magya? Tudão né rsrs
    Faz tempo que li, então não lembro muito dos detalhes, mas lembro que me diverti muito durante a leitura.

    Resenha incrível, como sempre!
    Beijos!
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderEliminar
  5. Olá, ainda não conhecia esse livro, mas a sinopse e sua resenha me chamou bastante atenção, o que a protagonista Darla passa é o que muitos hoje em dia estão vivendo. Amei o livro. ;)

    www.mundofantasticodoslivros.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Camila!! Espero que leia qdo tiver oportunidade. É um ótimo livro.
      Beeijos

      Eliminar
  6. Até eu me identifico um pouco com essa protagonista hahaha gostei dela.
    Não conhecia a obra e nem mesmo o autor, mas fico feliz em ver mais um livro nacional sendo divulgado :)

    WWW.BOOKSEVER.COM.BR

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Filipe! Como a Camila disse ali em cima, a Darla é a realidade de muitas pessoas, principalmente na situação em que estamos vivendo.
      O Cláudio é um querido, além de autor, apoia a literatura nacional e tem um carinho sem igual para conosco, blogueiros.
      Recomendo obra e autor.
      Beeijos

      Eliminar
  7. Olá, Bia!
    Gostei bastante da premissa do livro e a protagonista parece ser bem legal, então adorei a indicação de leitura! Vou adicionar a minha longa lista.
    Beijos! :D
    Borboletas de Papel | Fanpage

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hahaha sei como é ter uma lista longa, eu tenho também. Espero que leia.
      Beeijos

      Eliminar

 
© Lua literária - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo