Resenha: Paixão Sustenida: A Primeira Vez - Sinéia Rangel #1 (Série Paixão Sustenida)

19 de outubro de 2016
Título: Paixão Sustenida: A Primeira Vez
Série Paixão Sustenida - Livro I
Autora: Sinéia Rangel
Editora: Publicação Independente
Ano: 2016
Skoob
Comprar: Amazon - Pré-Venda | Wattpad (disponível até 30/10)
Sinopse: João Pedro tem vinte anos, é estudante de música e durante a adolescência viveu uma grande paixão. No entanto, após ter sido dispensado pelo seu primeiro amor, João Pedro prometeu a si mesmo que essa seria a sua primeira e última desilusão amorosa. Para se proteger do amor e das dores que podem advir de uma paixão, ele elabora uma série de regras que resumem as suas relações a sexo casual. Tudo vai muito bem até que um reencontro irá ameaçar a fidedignidade das suas regras.
Será que um coração partido é capaz de perdoar?









 Hey amores!!! Tudo bem com vocês?
 Paixão Sustenida é um livro da autora Sinéia Rangel. Ela publicou originalmente pelo Wattpad, depois me honrou com o convite para ser sua leitora crítica.
 Foi uma missão completamente desafiadora pra mim. O livro trata-se de um NA erótico.
 Eu não me sinto confortável em ser crítica de um livro do gênero, pois tenho opiniões bem divergentes a respeito. Sou o tipo de leitora que gosta de romances, mas não para ler sempre. Não dispenso eróticos, mas pulo as partes eróticas na maioria das vezes. Romances melosos demais me irritam, dependentes em excesso me enojam, enfim, não sei a dose de romantismo que me agrada.
 É lendo que se descobre não é mesmo? Por isso aceitei. Mesmo com todos os receios.
 Não sou a pessoa mais indicada para ser crítica de um NA erótico. Sou totalmente amadora, e muitas vezes me senti envergonhada em ter aceitado esse desafio mesmo com a ciência de não ser o que a autora precisava. Mas ela, louca talvez, disse que precisava apenas da minha sinceridade, e assim trago para vocês minha resenha da obra.
 O livro foi dividido em três partes e hoje irei retratar a primeira.
 Iniciamos a nossa leitura com o dia mais feliz da vida do jovem João Pedro. Ele namora Hannah, que posso resumir como seu tudo. Hannah não é apenas a namorada de JP, ela é sua melhor amiga, confidente, a primeira...
 Como conviviam juntos por causa da amizade entre seus pais, eles cresceram se amando.
 O dia feliz de JP não terminaria com sorrisos. Hannah simplesmente o dispensa logo após ele declarar seu amor.
 Nosso protagonista apaixonado fica sem chão, aos pedaços. E decide esquecer esse lance de amor.
"Nós não conhecemos nada da vida, nunca nem beijamos outra pessoa, não podemos nos jogar de cabeça em um relacionamento."
 Dessa forma, JP passa de homem romântico para cafajeste sem sentimentos. Ele começa a seguir uma lista de regras que visava ajudá-lo a não ter nenhum tipo de relacionamento com nenhuma mulher. Ele queria apenas sexo, e fazia questão de deixar isso bem claro.
 Os anos passam, JP ingressa na faculdade, e é lá que conhece seus melhores amigos: Akio, um oriental que acha graça do modo que o amigo resolveu viver e Clarie, uma linda ruiva que sente nojo das meninas que se submetem a ficar com JP.
"...vou ficar repetindo mulher pra quê, porra?"
 Seus amigos conheciam sua história com Hannah, por mais que ele tivesse mudado, conseguiam perceber que ainda existia algo mal resolvido entre eles.
 E assim, no início do semestre, Hannah surpreende a todos (inclusive a nós) surgindo como a mais nova aluna da facul, e disposta a reconquistar o amor que havia deixado partir.
 Hannah conseguiria conquistar esse novo JP?
"Quem precisa de amor quando se tem orgasmos?"
 JP, de início, me deixou frustrada. Compreendi Hannah em tê-lo abandonado, afinal o cara era um bobo romântico. Sei que tem mulheres que gostam, mas eu ficaria entediada. A separação o deixou mais forte em alguns pontos; posso dizer que ele ficou mais homem e ganhou um sex appeal. Mas não amadureceu.
 Ele é intenso, age com as emoções. Seu vocabulário desbocado e a forma com que via o sexo me incomodaram, mas ao mesmo tempo, me despertava interesse. É o tipo de homem que atrai olhares e faz com que você goste dele mesmo que sua razão diga para fugir.


 Hannah é aquela personagem que amo e odeio na mesma intensidade. Entendo seus motivos em ter abandonado JP, mas ir atrás do cara após tanto tempo? O que essa menina queria? Quando ela chega e se depara com essa nova personalidade do homem que um dia fora tão sensível; sentimos pena.
 Os dois juntos provocam suspiros e raiva no leitor. Por vezes queremos que eles se acertem logo e terminem juntos, outras vezes não conseguimos perdoar Hannah; outras queremos entrar no livro e dar uns tapas em JP. É assim o tempo todo, nossos protagonistas são intensos e conseguem nos passar toda a tensão presente entre eles.
 Claire é minha personagem preferida do livro. Uma mulher completamente decidida, que nos diverte o tempo todo com sua sinceridade e espontaneidade, mas que não se intimida com ninguém. Ela consegue manter JP no eixo e é o tipo de amiga que desejamos ter ao nosso lado.
 Akio é um fofo. Divide o quarto com JP, se mostra um grande amigo também.
 Todos os que aparecem no enredo, até os secundários, condizem com o gênero. São jovens adultos, que estão naquela fase de acharem que são maduros o suficiente para tomar decisões, mas na verdade ainda tem muito para amadurecerem. Por vezes são infantis, engraçados, rebeldes... enfim, são reais.  Não esperem um livro com personagens perfeitos.
 Eles farão muita merda. Quem sou eu para julgar? 
 O enredo, como puderam ver, gira em torno de Hannah e JP. É muito envolvente, tem altos e baixos, com erotismo na dose certa.
 NA é voltado para os jovens adultos, por isso quem está nessa faixa etária se identificará mais ainda com todo o contexto da história. Pra mim, que sou mais velha, o enredo trouxe diferentes tipos de reflexões e sentimentos que não cabem ao caso serem discutidos aqui, pois poderia dar spoiler.
 Adianto que teremos uma polêmica. E não sei como vocês irão lidar com isso. 
 Essa é uma característica que descobri agora da autora. Ela nos joga situações para nos provocar, para incitar discussões. Nos colocamos no lugar dos personagens e por eles serem tão humanos, ficarem tão próximos de nós, é difícil julgá-los.
 Termino minha resenha indicando o livro para quem ama romances intensos. É lindo, tem músicas, tretas, sexo e JP. E aviso: eu sou a JPeguete número 1.

Nota: 
Uma estrela pelo fato da autora confiar tanto em mim a ponto de querer que eu lesse o livro mesmo não sendo a mais recomendada para isso.
Duas por ela ter aceitado todas as minhas críticas, sempre com doçura e disposição para conversar a respeito.
Três por ser um livro intenso que foi capaz de me prender de diversas formas.
Quatro por ter uma trilha sonora divônica.
Cinco por me fazer levantar questões sobre minha própria vida, mesmo sendo um NA.
Dez por ter o JP.

Resultado de imagem para separador de posts para site
Sobre a autora:
 Sinéia Rangel é baiana, geminiana, psicóloga, bookaholic, cinéfila, chocólatra e musicólotra. 
 Amante de rock, poesias e histórias de amor. 
 Escreve desde criança, mas sempre manteve as suas palavras escondidas, até agora.
Resultado de imagem para separador de posts para site
Outras obras:

 

Resultado de imagem para separador de posts para site
 Estou na torcida pela publicação da obra, vou adiantar que já temos editoras interessadas. O que acharam da resenha? Leriam o livro? Espiaram o Wattpad? Contem-me tudo nos comentários.

Beijos amores, até mais ♥

Resultado de imagem para gif bruxas

Elas estão chegando...
#BlogueirasDeSalém #EspecialHalloween




Post por: Bia Gonçalves
Sua maior paixão são os livros que lhe fazem viajar. Odeia mesmices, por isso adora se aventurar nas páginas de uma boa fantasia e se prender a um terror daqueles de parar o coração.
24 Comentários | BLOGGER
Comentários | FACEBOOK

24 comentários:

  1. Hey, Bia! Tudo bem linda?
    Menina que resenha divástica! haha. Não é um gênero que eu leria, porque não consigo mesmo, ler livros com erotismo em alta. Mas sua resenha me deixou realmente curiosa sobre essa história. principalmente, porque ODEIO mocinhas que fazem isso. Despacham, depois querem de volta. Não suporto! Queria ver como foi a reação dela ao se deparar com um homem completamente diferente...
    Mil beijokas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Anya!! Ahh muito obrigada!! Eu tenho uma relação de amor e ódio com Hannah, posso te dizer que, com o passar das páginas, vamos compreendendo suas razões.
      Beeijos

      Eliminar
  2. Oi, Bia!
    Ok... adorei a resenha, a premissa do livro, o JP... e agora como faço para ler esse livro que te deixou assim?????
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção 5 Anos de Além da Contracapa
    Participe do sorteio Halloween Literário

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Lu!! Você pode ler a degustação no wattpad, e esperar (ansiosa) por sua chegada na Amazon!! Em breve, já está na pré-venda.
      Beijos

      Eliminar
  3. Gostei bastante da premissa, mas me incomodei pela sua menção à falta de maturidade do mocinho, evito romances assim porque eles sempre são aquelas 'lenga lenga' de vai e volta, um faz burrada e o outro tem que perdoar, enfim. Mas em contrapartida, adorei os outros pontos que mencionou e fiquei com vontade tirar minhas próprias conclusões sobre a obra. Sua resenha ficou ótima, bem sincera e objetiva, adorei!

    http://www.leitorasvorazes.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi amore! Então, não posso mentir pra você e dizer que não tem esse "lenga lenga" pq tem. Mas, os motivos para idas e vindas são, digamos, impactantes. Me surpreendi por um deles, que é o que citei da polêmica, vai dividir muito a opinião dos leitores.
      Leia, e me conte o que achou e claro, seu posicionamento.
      Beeijos

      Eliminar
  4. Oi Bia!

    Eu adorei a premissa! E ri com vc dizendo que ficaria entediada com o rapaz romântico demais, confesso que eu tb kkkkkkkkkk Preciso usar o Wattpad, mas tomara que o livro seja publicado em alguma editora logo <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. kkkk ahh eu não gosto dos românticos em excesso. Estou na torcida também, e pode deixar que vou mantendo todos informados.
      Beijos

      Eliminar
  5. Oi Bia
    Então eu também não estou muito no clima de livros desse genero pois sempre são mais do mesmo e ja saturou não tem jeito.
    Que bom que o livro te surpreendeu, eu realmente passo a dica.
    Ótima resenha
    Beijuh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Renata!!
      Obrigada por ler minha resenha.
      Beijos

      Eliminar
  6. Olá, apesar de você ter feito ressalvas sobre fazer crítica do livro eu adorei sua resenha, a sinopse já me prendeu a atenção. Diferente o enredo sobre um cara ser abandonado, geralmente é o contrário rs já quero ler pela playlist top, pra conhecer o JP e os motivos da Hannah ter voltado e principalmente pela intensidade de tudo, ah os amigos e a polêmica me deixaram mega curiosa. Quero muito ler, vou atrás bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Paula! Muito obrigada, é sempre complicado resenhar né?
      Tem muitos detalhes no enredo que fogem dos clichês, outros já entram tendo seus próprios diferenciais.
      Espero que goste.
      Beeijos

      Eliminar
  7. Olá! Apesar de ter gostado da premissa eu não leria ele por agora. Estou em outra fase, sabe.. E eu achei meio clichê tbm. Quem sabe futuramente eu não leia?
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Nathalie! Te entendo, eu também sou de fases rsrsrs, algumas vezes preciso de romances outras não posso ver.
      Espero que qdo estiver na vibe NA dê chance ao livro.
      Beijos

      Eliminar
  8. Olá, Bia.
    A premissa do livro é até legal, mas não sei se leria. Não é exatamente meu tipo de leitura e acho que iria me irritar com esses personagens.
    Contudo, talvez eu dê uma chance no futuro.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de outubro. Serão dois vencedores, dividindo 5 livros.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Marcos!! Eu preciso me alimentar de todos os gêneros rsrsrs, então sou completamente suspeita.
      Se der chance, não esqueça de me contar o que achou.
      Beijos

      Eliminar
  9. Olá...
    Esse é o tipo de livro que eu realmente gosto... adoro mesmo!!
    Não conhecia esse livro e acho que vou procurar ele no wattpad para ler a degustação :D

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderEliminar
  10. Oiiii!!!
    Eu também não gosto muito de livros de romance que são melosos demais, romances que envolvem erotismo então, eu fujo rs. Não gosto muito do gênero. Vou indicar para amigas que gostam. De qualquer forma, adorei a resenha, muito sincera.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Criis! Muito obrigada amore, por ter lido a resenha e ainda fazer uma indicação para as amigas.
      Beeijos

      Eliminar
  11. Ah, vai! Que resenha mais maneira! Isso pq vc se achava inapta para resenhar!... Imagina se fosse um gênero queridinho? Mother of god! Eu tb n costumo ler NA, nem sou tão chegada em romances pelos mesmos motivos seus (como ter paciência por uma garota que vive se jogando no cara, sem se dar valor?), mas olha... Gostei o livro! Muito mesmo! e nem foi por causa das 10 estrelas do JP! rsrsrs... Parabéns e que continue recebendo ampla confiança dos seus autores amigos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Nuccia!! Ai todos esses elogios vindos de ti me animam viu, obrigada mesmo pela análise tão carinhosa da minha resenha e do livro.
      Beeijos

      Eliminar
  12. Oi Bia, tudo bem?
    Me identifiquei com teu jeito de lhe dar com romance, tipo anti romântica kkkkkk
    Gostei da premissa do livro, parece bem interessante a maneira como a autora desenvolveu a história e os personagens.
    Muito legal quando a autora nos deixa dar pitaco na obra e confia a ponto de poder discutir sobre a obra.
    Com certeza entrou pra minha lista.
    Beijos

    ResponderEliminar

 
© Lua literária - Agosto/2016. Todos os direitos reservados.
Criado por: Maidy Lacerda
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo